sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Enfim, prefeito Ettore Labanca oficializou permissão aos novos taxista

O prefeito de São Lourenço da Mata, Ettore Labanca, participou nesta quarta-feira (17) de uma reunião com os 87 classificados no processo licitatório na modalidade táxi. A reunião teve como objetivo a oficialização do aval para a permissão do serviço no município. Também estiveram presente na reunião o Sindicato da categoria, representantes do Departamento de Trânsito Municipal, e vereadores do município.

Waldemar Borges: "A gente às vezes esquenta a cabeça. Mas Câmara, não”.



   O líder do governo na Alepe, Waldemar Borges (PSB), que só veio conhecer Paulo Câmara mais de perto quando ele se tornou o candidato da Frente Popular ao governo estadual, destaca outra “característica positiva” do governador eleito: a frieza. “Ele encara os problemas com naturalidade e não se aperreia com absolutamente nada. A gente às vezes esquenta a cabeça. Mas ele, não”.

GERALDO JÚLIO EM BRASÍLIA: OPOSIÇÃO, MAS NEM TANTO.


O prefeito Geraldo Júlio (PSB) sinalizou ontem, concretamente, ao comparecer à diplomação de Dilma, em Brasília, que arquivou em definitivo a proposta de fazer oposição ao governo federal tal como chegou a defender após o 2º turno da eleição presidencial. Oposição a Dilma, se houver, será feita pelos 34 deputados federais e os 6 senadores do PSB, não por ele.

Tadeu Alencar minimiza críticas sobre secretariado

(Foto: Rogério França/Folha de Pernambuco)

O deputado federal eleito Tadeu Alencar (PSB) minimizou os recentes ataques sobre a escolha do secretariado do governador eleito Paulo Câmara, do seu partido. Em entrevista à Rádio Folha FM 96,7, nesta quinta-feira (18), o socialista comentou sobre as críticas feitas pela bancada de oposição da Assembléia Legislativa e pelo senador Fernando Bezerra Coelho (PSB), que se queixou de não ter sido contemplado na nova equipe de governo.

PSDB registra pedido de cassação de Dilma



O PSDB e a coligação Muda Brasil pediram, nesta quinta-feira (18), a cassação do registro de candidatura e da diplomação da presidente Dilma Rousseff (PT) e do seu vice, Michel Temer (PMDB). Na ação enviada ao TSE, os tucanos acusam o PT de utilizar a máquina administrativa e abusar do poder econômico.

DESEMPREGO NO GRANDE RECIFE TEM LIGEIRA ALTA

MEC reprova dez cursos superiores de Pernambuco

reprovado

Dez cursos superiores oferecidos em Pernambuco foram classificados como “insatisfatórios” de acordo com a avaliação do Ministério da Educação (MEC) divulgada no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira (18). A análise – referente ao ano de 2013 – considerou 3.439 cursos superiores de diversas instituições do País. Ao todo, o Nordeste teve 48 graduações reprovadas pelo MEC.

Procuradoria Regional Eleitoral pede cassação de diploma de Pimentel

Ação foi ajuizada no TRE-MG; governador eleito teve contas desaprovadas.Petista deve ser diplomado nesta sexta-feira.

 
Governador eleito de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), esteve em Montes Claros. (Foto: Valdivan Veloso / G1)Procuradoria Regional Eleitoral pede cassação de
diploma do governador eleito de Minas Gerais,
Fernando Pimentel (PT) (Foto: Valdivan Veloso / G1)
A Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) pediu, nesta quinta-feira (18), a cassação do diploma do governador eleito de Minas Gerais,Fernando Pimentel (PT), e do vice Antônio Andrade (PMDB).
Uma ação, assinada pelo procurador geral eleitoral, Patrick Salgado, foi ajuizada no Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG). A PRE ainda pede a decretação de inelegibilidade dos candidatos eleitos.

'Em dois anos traremos a inflação para 4,5%', diz Alexandre Tombini


Em entrevista exclusiva a Miriam Leitão, o presidente do Banco Central disse que a inflação deve começar a cair no segundo trimestre de 2015.










O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini falou sobre inflação, queda no preço do petróleo e crise russa em entrevista exclusiva a Miriam Leitão nessa quinta (18), na sede do Banco Central em Brasília.

BOLSONARO: “SOU QUEM MELHOR ENCARNA A OPOSIÇÃO”

TOFFOLI: "NÃO HAVERÁ TERCEIRO TURNO NA JUSTIÇA ELEITORAL"