segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Tucano promete arrancar cabeça de Dilma com "foice e martelo"

O advogado Matheus Sathler Garcia que foi candidato pelo PSDB nas eleições de 2014, divulgou um polêmico vídeo nas rede sociais no qual ameaça “arrancar a cabeça” da presidente Dilma Rousseff “com a foice e o martelo” no próximo dia 7 de setembro.

Foto Reprodução.
Compartilhar
tucano-arrancar cabeça -de-dilma
O advogado Matheus Sathler Garcia diz que o País vive uma ditadura cubana e pede Dilma Rousseff "renuncie, fuja do Brasil ou se suicide

Rejeitado nas urnas nas eleições passadas, quando era candidato a deputado federal pelo PSDB de Brasília, o advogado Matheus Sathler Garcia volta a protagonizar uma nova polêmica nas redes sociais após divulgar um vídeo no qual ameaça “arrancar a cabeça” da presidente Dilma Rousseff (PT) “com a foice e o martelo” no próximo dia 7 de setembro.
Em 2014, o advogado ganhou notoriedade – e uma representação na Justiça feita pela Ordem dos Advogados do Brasil do Distrito Federal – após aparecer em um vídeo defendendo a criação do “kit macho” e do “kit fêmea”, para defender crianças da ‘influência homossexual’.

No vídeo publicado no Youtube, na terça-feira (25), Sathler começa sua fala afirmando que dá um “recado claro à presidanta Dilma Rousseff” e faz uma incitação: “no dia 7 de Setembro a gente não vai pacificamente para as ruas. Vamos, juntamente com a as forças armadas populares do Brasil, te tirar do poder. Com a foice e o martelo nós vamos arrancar a sua cabeça. Aqui não é ameaça, nem aviso. Porque quando o povo agir já vai ter mais volta. Renuncie, fuja do Brasil ou se suicide”.
Além das ameaças, o advogado relata fatos e palavras de ordem das manifestações nas ruas, citando o foro São Paulo, dizendo que o País vive uma ditadura cubana e que a presidente é terrorista. Por fim ele pede: “Que Deus traga paz a nossa nação”.
A Ordem dos Advogados do Brasil – Distrito Federal (OAB-DF) informou que há dois processos disciplinares contra Sathler Garcia, mas por correrem em segredo de Justiça, não pode detalhar o teor. Um deles foi movido pela Comissão Especial da Diversidade Sexual da entidade contra a propaganda do “kit macho”, na qual o advogado se identificava como “o candidato do kit macho”, com “cartilhas que ensinarão aos meninos a gostar somente de mulher”.

Ministro da Justiça rebate Gilmar Mendes: "Um equívoco histórico"

Cardozo afirma que o vice-presidente do TSE cometeu - em entrevista ao Correio publicada ontem - um equívoco histórico, "talvez motivado por uma paixão política". Magistrado disse que a corrupção no país é um método de governança


As afirmações do ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes ementrevista publicada pelo Correio ontem enfureceram o governo e o PT, a ponto de o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, se prontificar a responder. “Ele comete um grave equívoco histórico, talvez motivado por uma paixão política que todos os cidadãos podem ter, mas não os juízes no exercício de suas funções”, rebateu Cardozo. O que mais irritou o governo, em especial a presidente Dilma Rousseff e os ministros, foi Mendes dizer que “o uso de recursos de estatais para atividade política não se trata de acidente, mas de um método de governança”.

MARCO ALBANEZ - ELEIÇÃO: VITÓRIA E DERROTA

                                                                                       
                                                                                                                                      

             John Fitzgerald Kennedy, o trigésimo-quinto Presidente dos Estados Unidos, assassinado no exercício do cargo “por” Lee Harvey Oswald (suspeito de ter sido agente do serviço secreto cubano) no dia 22 de novembro de 1963, em Dallas, cidade do Texas, não era só um homem carismático, poderoso e famoso – dentre outras coisas – por ter utilizado a Casa Branca para momentos calientes com suas inúmeras amantes, inclusive a mais conhecida delas, a atriz, modelo e cantora Marilyn Monroe. Uma pequena frase imortalizou a sua trajetória política:

GINO ALBANEZ SUGERE DEVOLUÇÃO DE VERBAS DOS PSF'S AO GOVERNO FEDERAL. TÁS DE BRINCADEIRA PREFEITO?


Prefeito de São Lourenço da Mata, Gino Albanez (PSB), discorda da proposta dos gestores de outros municípios de fazer uma greve para protestar contra a queda no repasse do FPM. Ele acredita que seria penalizar a população, que não tem nada com isso.

Administrar é saber resolver os problemas da falta de verbas. E agora, Geraldo Júlio?



O prefeito Geraldo Júlio (PSB) deve ter chegado à conclusão, após reunir-se com seu secretariado no último sábado, que a realidade é mais forte do que o desejo. Assim, deve continuar atrasando obras como o Hospital da Mulher, a reforma do Geraldão e a conclusão do Compaz do bairro do Bongi. E, muito provavelmente, reduzir o orçamento anunciado (R$ 70 milhões) para o recapeamento asfáltico das ruas do Recife.

Pernambuco: Uma boa mãe tem também que dizer não.



Humberto Costa (PT) deveria parar de dizer que a presidente Dilma Rousseff “tem um carinho todo especial por Pernambuco”. Se a Petrobras parou seus investimentos em Suape, se a transposição do São Francisco só vai ficar pronta em 2016 (e olhe lá!) e se a Adutora do Agreste caminha devagar, quase parando, que danado de carinho é este? 

Alckmin:“Temos que nos livrar dessa praga, que é o PT”


Em 2006, ano em que Lula concorreu à reeleição, o então presidente do PFL, Jorge Bornhausen, pagou alto preço por ter dito numa entrevista que “vamos nos livrar dessa raça (os petistas) por pelo menos 30 anos”. Até de “nazista” foi chamado. Anteontem, em Cuiabá, durante a filiação do governador Pedro Taques (MT) ao PSDB, o sempre ponderado governador Geraldo Alckmin (SP) saiu do tom e falou parecido: “Temos que nos livrar dessa praga, que é o PT”, disse ele.

Candidatura de Antonio Campos em Olinda não é certeza.


Em ação com um audacioso plano de expansão no Estado, atraindo prefeitos para a legenda, o PSB não se preocupa mais com os casos de Olinda e de Jaboatão.

PSB QUER AUMENTAR DÍVIDA DE PERNAMBUCO QUE JÁ ´PASSA DE 8 BI

Com dívidas estimadas em mais de 8 bilhões de reais, políticos que dão apoio a gestão Paulo Câmara não se conformam pelo fato do governo federal ter freado aquisição de novos empréstimos junto ao Banco Mundial.  



Líder do Governo na Assembleia, o deputado estadual Waldemar Borges não aceita o fato de o Governo Federal não autorizar operações de crédito para os Estados. Afirma que Pernambuco não teria qualquer dificuldade em obter financiamentos. “Somos uma espécie de cliente vip do Banco Mundial”.

Moradores de 28 cidades do Paraná pedem salários menores para vereadores

Grupos de pessoas se mobilizaram também em cidades paulistas próximas à divisa com o estado





Numa das cidades, tudo começou com um padre. No município vizinho, os gritos indignados de uma comerciante inflamaram a população. Assim surgiram os protestos que levaram duas cidades do Paraná a baixarem os salários dos vereadores.

Na TV, Temer dirá que 'PMDB não tem medo da verdade que virá'

Vice-presidente protagonizará uma das oito inserções que o partido exibirá. Em outra propaganda, Eduardo Cunha falará que 'cada um tem sua verdade'.


Em uma série de inserções que o PMDB exibirá nesta semana na TV com a temática "a verdade é sempre a melhor escolha", o vice-presidente da República e presidente nacional do partido, Michel Temer, afirmará que sua legenda "não tem medo da verdade que virá". O peemedebista, que permanece na articulação da macropolítica do Palácio do Planalto, é um dos 11 líderes do PMDB que protagonizarão as oito diferentes propagandas produzidas para veicular na televisão.